Oswaldo Petersburgo em Roma no contexto da observação do mercado de trabalho moçambicano

O vice-ministro moçambicano do Trabalho, Emprego e Segurança Social, Oswaldo Petersburgo, deixou Maputo esta Segunda-Feira, 24 de Outubro, com destino à República da Itália,  onde permanecerá até  ao dia 27 do mesmo mês, para contactos com as autoridades locais da área do emprego e formação profissional.

A deslocação do vice-ministro do Trabalho, Emprego e Segurança Social enquadra-se no designado “Acordo Quadro de Cooperação para o Desenvolvimento”, celebrado entre os dois países, a 2 de Setembro de 2010, através dos Ministérios dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, sendo que a nível do sector da administração do trabalho pretende-se explorar mais áreas técnicas para a assinatura de instrumentos específicos de cooperação, tendo em consideração a disponibilidade mostrada pela contra-parte italiana, aquando da visita do vice-ministro italiano do pelouro a Moçambique, Luigi Bobba, no ano passado.

Neste contexto, Moçambique, e é o que leva Oswaldo Petersburgo à Itália, identificou as áreas da observação do mercado de trabalho, mais concretamente no âmbito da experiência italiana em matéria de intermediação entre a procura e a oferta no emprego e formação profissional, bem como a exploração das iniciativas italianas sobre a geração de renda e a formação profissional para jovens mulheres e pessoas com deficiência.

Sobre estas matérias, o Governo, através do Ministério do Trabalho, Emprego e Segurança Social (MITESS), pretende ver rubricados entendimentos nas áreas da formação profissional e de recursos humanos, incluindo bolsas de estudo, a gestão electrónica do mercado de emprego, assim como a modernização de três centros de emprego em Moçambique. A lista inclui o apoio às políticas de género, na vertente de facilitação do ingresso das mulheres na educação profissional e no mercado laboral, bem como as parcerias público-privadas, na perspectiva de incentivar as sinergias entre o sub-sistema de emprego e a formação profissional.

Na Itália, Oswaldo Petersburgo escalará Roma, Bolonha, Veneza e Pádua, onde visitará diversos projectos laborais e instituições da administração do trabalho, com destaque para as ligadas à observação do mercado do trabalho, em que far-se-á acompanhar pelo seu homólogo italiano, Luigi Bobba, que esteve em visita em Maputo, no ano passado.